Filmes

Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo foi feito para os fãs – critica


Para quem me conhece sabe que filmes musicais, não faz meu tipo porem quando trabalhamos com criticas de filmes e series temos que está abertos a qualquer gênero, mas tenho que confessar Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo foi feito para os fãs, isso porque ontem antes de ir assistir ao filme resolvi assistir Mamma Mia, para poder ter um noção sobre a historia e sobre os personagens.

E claro que hoje ao assistir ao filme percebi o quanto  Mamma Mia Lá Vamos Nós De Novo poderia nos levar ao passado e relembrar como Mamma Mia teve seu destaque, com a musicas, a coreografia, a fotografia  e claro com o elenco, Meryl Streep , Amanda Seyfried , Pierce Brosnan, Colin Firth, Stellan Skarsgaed, Julie Walters, Cristine Baranski, Dominic Cooper que retornou para a sequencia Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo. Mas ao meu ver não podemos dizer que seria apenas uma sequencia, pois o filme nos conta duas historias, a primeira que se passa em 1979 e segue a co-protagonista Donna quando jovem (Lily James), a outra cinco anos depois do primeira Mamma Mia! e centrado na filha de Donna de 25 anos, Sophie (Amanda Seyfried). Em geral, no entanto, essa abordagem funciona. Para os fãs de Mamma Mia!, a senciência aqui vamos nós outra vez! oferece um retorno cheio de alegria ao mundo do filme musical original.

 

Apesar do roteiro ser bem simples o que me chama bastante atenção e a forma como podemos ver as duas linhas do tempo dentistas mas que ao mesmo tempo são bem similares, podemos dizer que a Jovem Donna realmente sobe aproveitar a vida e suas intensidades, o amor, a descoberta da maternidade o abandono dos pais e claro as boas amizades, temos diversos momentos engraçados e belas transições de cenas, serio as transições são realmente incrível principalmente as cenas entre Sophie e Sky que estão em continentes separados, as musicas são bem satisfatórias e com coreografias ritmadas e eufóricas.

Falando das linhas do tempo, na atual linha temos Sophie (Amanda Seyfried) se preparando para reabrir a casa de sua mãe na ilha grega de Kalokairi, um ano depois que Donna (Meryl Streep) faleceu. No entanto, o desejo de Sophie de ficar na ilha cria tensão entre ela e seu marido Sky (Dominic Cooper). Quando uma tempestade ameaça inviabilizar seus planos, Sophie se esforça para não desistir, mesmo com o apoio dos velhos amigos de sua mãe, Rosie (Julie Walters) e Tanya (Christine Baranski), e um de seus três pais, Sam (Pierce Brosnan).

Enquanto isso, nos anos 70, a jovem Donna (Lily James) está fora da escola e pronta para uma aventura, assim como seus amigos e colegas de The Dynamos, Rosie (Alexa Davies) e Tanya (Jessica Keenan Wynn). Assim, Donna decide iniciar uma viagem à Grécia – uma que a leva a uma vila em ruínas, com a qual ela faz uma conexão e imagina algo mais. Ao longo do caminho, no entanto, Donna também cruza caminhos com três jovens que estão inextricavelmente ligados ao seu destino: Harry (Hugh Skinner), Bill (Josh Dylan) e Sam (Jeremy Irvine).

No quesito direção Ol Parker não se arriscou muito e nos apresentou um musical jukebox na mesma veia do primeiro Mamma Mia! que carrega algumas das músicas mais populares do filme (como “Dancing Queen” e, naturalmente, “Mamma Mia”). Felizmente, a grande maioria dos números musicais da sequência é baseada em músicas do ABBA que não foram apresentadas em seu antecessor e deram origem a algumas sequências de músicas e de dança com encenações criativas, sob a supervisão de Parker.

Mamma Mia Lá Vamos Nós De Novo  nos apresenta as melhores peças musicais (como “One of Us” e “Waterloo”) que merece destaquem para a cinematografia do freqüente colaborador de Wes Anderson, Robert D. Yeoman, que filma tudo de maneira limpa. Embora certos números musicais sejam visivelmente melhores em sua execução e trabalho de câmera do que outros, Mamma Mia  Lá Vamos Nós De Novo  entrega o que promete, no que diz respeito ao espetáculo musical.

A interpretação dos atores são de outro nível, pois não é fácil interpretar, cantar e dançar, a mistura das linhas do tempo torna interessante o filme, mas não faz você sentir aquela emoção de uma boa sequência. Porem se formos analisar os requisitos de um musica podemos dizer que Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo foi feito para os fãs, onde temos musica, dança e bons atores fazendo que que eles fazem de melhor atuar.

Talvez um pequeno problema em minha concepção seja os jovens Harry, Bill e Sam que  não estão exatamente no mesmo nível  de Lily  James como Donna, mas, na maior parte do tempo, são bastante convincentes como versões de 20 e poucos anos. Outras novidades incluem Andy Garcia como o misterioso mas suave Fernando, o gerente da Villa reaberta por  Sophie (o Hotel Bella Donna), e Cher como a vaidosa avó de Sophie, Rubie. Ambos os personagens são bastante caricatos e a trajetória de seus arcos é claramente telegrafada no início, mas é perfeitamente divertida ao mesmo tempo, e não oferece muito alem de um bom humor e uma bela canção.

Então se você é fã de musicais e gostou de Mamma Mia você provavelmente vai gostar de Mamma Mia! Lá Vamos Nós De Novo.

E ai o que achou? Comenta ai!! Aproveite e nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de tudo do universo dos filmes series e games Facebook, Twitter, Instagram, Youtube

🔔 Confira nossos canais no youtube!!

🔔 Você sabia que a District está no 🔥 Facebook, 🔥 Instagram e 🔥 Twitter? Siga-nos por lá.


 

Carlos Rafael

Carlos Rafael Silva

Eu sou Carlos Rafael de Oliveira Silva, sou formado em Desenvolvimento de jogos digitais pela universidade Fumec, tenho 33 anos e nessa jornada fiz diversos cursos nas áreas da programação, Marketing e produção de vídeos, atualmente produzo conteúdo variado para internet.
Follow Me:

Related Posts