Filmes Reviews

Crítica – Com Amor, Simon

O filme de hoje e uma mistura fofíssima de comédia e drama. Trailer?

O filme conta a história de Simon. Ele tem uns 17 anos e está no segundo/terceiro ano do ensino médio. Ele tem uma vida comum e muito feliz, se não fosse o fato de ele esconder que é gay. Ele descobre no blog de fofocas da escola uma pessoa chamada Blue com um problema parecido e eles começam a trocar emails com username falsos. A medida que eles vão se conhecendo Simon acaba se apaixonando por Blue.

Trazendo uma bela historia teen, porem podemos dizer que ela serve para um publico bem maior, principalmente por ser uma historia bem parecida com os filmes de comedia romântica dos anos 90 tirando e claro o fato do protagonista ser gay, e se você tem algum problema com esse tipo de temática em filmes, acho que já esta passando da hora de mudar suas perspectivas.

Os personagens são muito divertidos e a história muito envolvente. O Simon tem uma família legal e amigos interessantes. É tudo perfeito até demais. Mas aí os problemas pessoais de Simon dão um equilíbrio bem legal a historia, e não fique achando que a historia se foca apenas em Simon e seu segredo, podemos ver como tudo e todos se entrelaça, alem e claro de ver  como o segredo de Simon afeta seus pais seus amigos.

Uma das coisas que me chama bastante a atenção é o fato do filme ter um protagonista gay que não fica doente ou acaba morrendo no final, como muitos outros filmes que nos apresenta personagens gays, por mais que a historia seja legal e tudo seja divertido temos um grande problema no roteiro.

Não sei se a culpa é do livro ou não. Mas é assim: Tá lá o filme leve e divertido. Aí tem 20 minutos de toda a bad vibe do mundo, e aí tudo se resolve de forma fofa e divertida de novo. Achei meio desequilibrado, não me entenda errado, acho que todo filme deve ter um pouquinho de drama, e se ele for bem dosado fica muito mais agradável, e esse foi o problema o momento em que o filme chega nessa parte de drama vem tudo de uma vez. Meio esquisito, fora isso, ele tem aquele ar teen como falei no começo alem de um toque de nonsense e vergonha alheia que eu AMO.

Com Amor, Simon pode parecer só mais um filme de comedia romântica , mas acredito que ele vai muito mais alem de sua historia e pode acabar ajudando muitas pessoas que talvez esteja passando pela mesma situação de Simon, me arrisco a dizer que Com Amor, Simon tem tudo para virar um Confort Movie daqui a uns anos. As atuações são bem trabalhadas e fazem você se envolver muito com a história. Tem a atriz Katherine Langford de Os treze porquês, que acabou ficando bem parecida com sua personagem na serie, e na minha opinião  se ela não fizer uma personagem muito diferente em um próximo filme ou serie ela pode ate ficar marcada como atriz que só faz personagens iguais.

A direção de arte e de fotografia estão bem legais, embora não tenha nada de extraordinário, talvez pelo fato do filme ser bem esse estilo mais simples.

 

E ai já assistiu Com Amor, Simon? Comenta ai !!

Confira
  • Roteiro
  • Direção
  • Fotografia
  • Interpretação
  • Trilha sonora
4.2

Related Posts